A Paraíba o tempo todo  |

Mulher acusada de matar a filha, em Mamanguape recebe alvará de soltura

O polêmico caso envolvendo a morte de uma criança de um ano, onde tem como suspeita a mãe da vítima, ganhou ontem (15) mais um capitulo, quando a suposta assassina recebeu o alvará de soltura na tarde de ontem, do presídio feminino Júlia Maranhão, localizado no bairro de Mangabeira, Zona Sul, onde estava detida.

Entenda o caso – A morte de uma menina de um ano e dois meses foi registrada no último fim de semana, em Mamanguape, no Litoral Norte da Paraíba. A pequena Maria Lívia morreu após dar entrada no Hospital Geral da cidade (HGM) com indícios de desnutrição e maus tratos. A mãe foi presa pela polícia e encaminhada ao presídio situado na capital.

 

Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe