O Ministério Público Federal iniciou nessa ontem (19), uma série de investigações sobre irregularidades no abastecimento de água em cidades da Paraíba. Entre elas, estão contratos com suposto superfaturamento firmados entre as prefeituras de Santana de Mangueira e São João do Rio do Peixe, no Sertão da Paraíba, com órgãos responsáveis pelo abastecimento de água para a população dos municípios. A informação foi divulgada no Diário Eletrônico do MPF.

Segundo o procurador da república Anderson Danillo Lima foi determinado a instauração de inquérito civil público para investigar as irregularidades. Segundo o MPF, as obras e serviços de abastecimento estão estimados em mais de R$ 1,4 milhão. No caso de Santana de Mangueira, o órgão investiga contrato no valor de R$ 381.492,45 firmado entre a prefeitura e o Ministério do Desenvolvimento Regional.

Em São João do Rio do Peixe a investigação é de um convênio entre a prefeitura e a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) para implementação de sistema de abastecimento de água com valor de R$ 1.058.814,75, firmado no ano de 2014.

 

 

Redação   

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia apreende adolescentes com réplica de arma e recupera moto roubada, em JP

A Polícia Militar apreendeu uma dupla de adolescentes, que estava com uma réplica de arma de fogo, cometendo atos infracionais de roubo em João Pessoa, nesse domingo (5). A ação…

Três empresas distribuidoras são alvos de bandidos, em João Pessoa

Na madrugada desta segunda-feira (06) três empresas distribuidoras foram alvos de criminosos, no Distrito Industrial, em João Pessoa. De acordo com as informações, apesar de terem invadido os três galpões,…