Por pbagora.com.br

A polícia conseguiu capturar na manhã desta quinta-feira (27) o suspeito de envolvimento na morte do vereador Adelmo Teobaldo de Farias (PRP). O parlamentar foi assassinado no dia 8 de setembro deste ano, no Cariri paraibano.

O crime foi registrado no município de Camalaú e, segundo as investigações, o assassinato foi cometido por motivações políticas. O acusado foi preso no município de Toritama, em Pernambuco, através de mandado de prisão.

De acordo com o delegado seccional da Polícia Civil em Monteiro, João Joaldo, o suspeito confessou o crime e acrescentou que o mandante do homicídio teria uma rixa com o vereador.

O mandante já foi identificado pela polícia, mas segue foragido. Além dele, um outro homem apontado como co-autor do homicídio também está foragido. Existe ainda a informação de que, além da motivação política, o vereador teria sido morto por estar tentando solucionar duas mortes por assassinato cometidas na cidade. As ivestigações indicam que pai e filho foram mortos por ordens do mesmo homem que encomentou o assassinato do vereador Adelmo Teobaldo.

O suspeito preso foi encaminhado para a Cadeia Pública de Monteiro.

 

PB Agora

 

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Notícias relacionadas

Novo decreto tem mudanças sobre a venda de bebidas alcoólicas na capital

O decreto municipal que estabelece novas medidas de enfrentamento à Covid-19 em João Pessoa teve mudanças em uma nova edição publicada na noite de ontem (24). Houve mudanças em relação…

Polícia prende homens suspeitos de tentativa de homicídio contra vice-prefeito de Monteiro

A polícia prendeu dois irmãos suspeitos de tentativa de homicídio contra Celecieno Alves Bispo, vice-prefeito da cidade de Monteiro, na Paraíba. Os dois homens foram presos na cidade de Sertânia,…