Por pbagora.com.br

O presidente estadual do PT da Paraíba, Jackson Macêdo, repercutiu, nesta sexta-feira (05), em suas redes sociais, a publicação da Revista Veja, em parceria com o portal The Intercept, que traz novas supostas ligações do hoje ministro da justiça, Sérgio Moro, com os desdobramentos da Operação Lava Jato, que culminou na prisão do ex-presidente Lula (PT).

Em determinados trechos da publicação, Moro apareceria comemorando a prisão de Lula e, em outras, repassando conselhos do apresentador Faustão aos procuradores da Lava Jato sobre como lidar com a mídia.

Para Jackson, a Veja trouxe à tona um ‘magistrado marginal’ em que se transformou Sérgio Moro. Na postagem, o dirigente paraibano também reforça a necessidade de Lula ser libertado da prisão.

CONFIRA A PUBLICAÇÃO

“A parceria Veja/Intercept divulgada hoje, afunda de vez a tese de imparcial de Moro. A revista que sempre foi aliada do ex juiz, trás hoje um “magistrado marginal”, que operou no obscuridade para conseguir seus objetivos . Moro não era juiz, era acusador, manda chuva do MPF. Orientou a acusação, perseguiu réus, tramou na clandestinidade. O LULA deve ser solto imediatamente!”, postou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia prende envolvido em homicídio e assalto no Sertão

A Polícia Militar prendeu, nas primeiras horas desta sexta-feira (14), na cidade Tavares, um procurado da Justiça que teria envolvimento em um homicídio e um assalto à agência dos Correios…

Homem é morto com tiros de espingarda bairro Alto das Populares, em Santa Rita

Um homem de 36 anos foi assassinado com tiros de espingarda calibre 12 ontem (13), no bairro Alto das Populares, em Santa Rita. Marcelino Francisco da Silva, teria saído ainda…