Animal é socorrido pela ONG Ajude Anjos de Rua e está internado em uma clínica veterinária em João Pessoa

 

Em menos de 60 dias, mais um cachorro é agredido a facadas nas ruas de Santa Rita, município da Região Metropolitana de João Pessoa. O crime ocorreu nessa quarta-feira (20) e o animal, que perdeu muito sangue, foi socorrido pela ONG Ajude Anjos de Rua e está internado na Clínica Vida Pet, no Bairro dos Bancários, na capital paraibana. O cachorro sem raça definida vivia pelas ruas do Centro de Santa Rita e o autor das agressões ainda não foi identificado.

“Isso é muito triste. Mais uma vez a maldade humana contra os animais se materializa”, lamenta a ativista da causa animal Fabíola Rezende, presidente-fundadora da Ajude Anjos de Rua. “Recebemos a denúncia e resgatamos o cachorro por volta das 21h de ontem (quarta-feira, dia 20) no Centro de Santa Rita, próximo à linha do trem”.

Fabíola ressalta que o animal, apresentando vários cortes, perdeu muito sangue, mas tem chances de se salvar. “Levamos ele para a clínica onde os procedimentos estão sendo realizados”, informa a ativista, que batizou o animal de Simão II, em referência a outro cachorro Simão também esfaqueado em Santa Rita no mês de janeiro deste ano.

O primeiro cachorro Simão foi esfaqueado pelo próprio dono no dia 18 de janeiro, no Bairro Marcos Moura. Ele também foi socorrido pela ONG Ajude Anjos de Rua que mobilizou as redes sociais e a imprensa numa campanha para arrecadar doações para os custos do tratamento do cão.

Na oportunidade, o primeiro Simão foi internado na Clínica e Petshop CMV Veterinário, no Bairro de Miramar, em João Pessoa. Passou por cirurgia após receber doação de sangue e soro com vitaminas e outros itens necessários para a sua recuperação. Mas Simão acabou morrendo dois dias depois.

 

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mais de 50 armas de fogo são apreendidas pela PMPB na última semana

Nas ações realizadas no período de 12 a 18 agosto, a Polícia Militar apreendeu 51 armas de fogo na Paraíba, chegando a 1.861 armas retiradas de circulação pela corporação, já…

Polícia descobre depósito de armas, drogas e explosivos em Campina

Após investigar uma denúncia anônima, a Polícia Civil encontrou no bairro das Malvinas em Campina Grande. A operação aconteceu nesta segunda-feira, e no local estava servido de depósito de armas,…