Dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública em pesquisa para o Comitê Internacional da Cruz Vermelha, revelaram ontem (29), que cerca de oito pessoas desaparecem a cada hora no Brasil.

No estado da Paraíba foram registrados em 2016 e 2017 o número absoluto de 259 desaparecidos, segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2018. Visando garantir melhor eficácia na busca e localização de pessoas desaparecidas, o Estado adotou o Programa de Localização e Identificação de Desaparecidos (Plid) do Ministério Público da Paraíba (MPPB).

O Plid funciona por intermédio de um programa informatizado com abrangência nacional (Sinalid – Sistema Nacional de Localização e Identificação de Desaparecidos), com o objetivo de localizar e identificar pessoas desaparecidas, sejam elas vítimas de crimes ou não.

 

Redação

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia captura foragido que pode ter envolvimento em ataques contra bancos

Mais um foragido do sistema prisional foi capturado pela Polícia Militar, durante as ações de final de semana. Dessa vez, o fugitivo de 26 anos de idade foi localizado na…

Idoso de 63 anos cai em cisterna de vizinho e morre afogado na Paraíba

Um idoso de 63 anos caiu dentro de um cisterna, localizada na casa de um vizinho, no sítio Jenipapo, na PB-063, próximo à Alagoinha, na Paraíba, e acabou morrendo afogado.…