O homem suspeito de comandar o tráfico de drogas na cidade de Esperança, no interior da Paraíba, teve a prisão preventiva decretada e foi transferido para o Presídio Romeu Abrantes (PB1), em João Pessoa. David Fereira da Costa, mais conhecido como “Preto”, foi localizado e preso por equipes da Delegacia Seccional de Esperança e por policiais militares, no dia 1 de novembro deste ano. Com ele foram encontradas uma pistola com munições, balanças de precisão, 1,7 quilo de crack e 9,6 quilos de cocaína prontas para consumo.

Apesar da prisão, as investigações terão continuidade, como explicou o delegado Danilo Orengo, da Seccional de Esperança. “A Polícia Civil agora trabalha para identificar outras pessoas envolvidas com tráfico de drogas na região. O procedimento se encontra sob a minha responsabilidade e da delegada Socorro Silva”, afirmou.

Ainda de acordo com o delegado, Danilo será indiciado pelo crime de tráfico de drogas, posse de arma de fogo, desacato, desobediência e resistência. “Por se tratar do crime de tráfico, a Polícia Civil tem um prazo de 30 dias para concluir o procedimento e enviá-lo para a Justiça”, finalizou Orengo.

A prisão ocorreu em uma ação integrada com policiais civis e militares, que foi coordenada pelo delegado Danillo Orengo, apos vários meses de investigação. “O preso já tem antecedente criminal e, na audiência de custódia, teve a sua prisão em flagrante convertida em prisão preventiva. Por questão de segurança, o autuado foi transferido para o PB1, na Capital, ficando à disposição da Justiça local”, explicou o delegado.

 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Investigadores e peritos da PC revelam que delegacias funcionam normalmente

Nesta quarta-feira (19) a Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba (Aspol/PB) e pelo Sindicato dos Peritos Oficiais do Estado da Paraíba (Sindiperitos/PB) emitiram uma nota onde esclarecem que…

PC, PM e Bombeiros decidem fazer paralisação nesta quarta-feira na PB

Está programada uma paralisação na Paraíba nesta quarta-feira (19), das Polícias Civil, Militar e o Corpo de Bombeiros. A paralisação acontece para a realização de uma Assembleia Geral Unificada com…