Uma determinação da juíza Maria dos Remédios, da segunda Vara Mista da Comarca de Santa Rita, determinou ontem (06), que os 11 vereadores de Santa Rita presos na Operação Natal Luz, responderam em liberdade pelos supostos crimes. A decisão ocorreu após audiência de custódia.

A audiência foi realizada nesta quarta no Fórum Juiz Navarro Filho.  Na audiência também ficou determinada a busca e apreensão de todos os computadores da Câmara de Santa Rita, além de que os vereadores estão proibidos de participar de congressos, pagamentos de diárias e seminários durante o processo.

Os vereadores foram presos, na madrugada desta terça-feira (5), suspeitos de forjarem um congresso na cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia prende suspeito de arrombamento que usava tornozeleira eletrônica

A Polícia Militar prendeu um suspeito de arrombar residências em Campina Grande. O homem, já usava tornozeleira eletrônica e respondia na Justiça por diversos crimes patrimoniais. O suspeito foi localizado…

Suspeitos de tentar arremessar celulares para presídio são presos

A Polícia Militar prendeu, nesta quarta-feira (1º), dois homens que tentavam arremessar pelo menos 32 celulares para o Presídio de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba. De acordo com o o…