A Paraíba o tempo todo  |

Acusados de matar dono de padaria em JP começam a ser julgados nesta quinta-feira; crime ocorreu em 2016

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Três réus acusados pela morte de Marcos Antônio do Nascimento, também conhecimento por “Marquinhos”, em uma padaria no Bairro Jardim Luna, na Capital, estão sendo julgados pelo 2ª Tribunal do Júri da Comarca de João Pessoa. A sessão, presidida pela juíza titular da unidade judiciária, Francilucy Rejane de Sousa Mota, teve início às 9h da manhã desta quinta-feira (19) e não tem hora definida para acabar.

O Conselho de Sentença vai decidir se Robson de Lima Ramos, Nielsson da Silva e Ricardo de Souza Ferreira são culpados ou inocentes pelo crime de homicídio qualificado. Se condenados, eles podem pegar até 30 anos de pena.

De acordo com a denúncia apresentada pelo Ministério Público, no dia 14 de junho de 2016, por volta das 10h, na “Padaria Luna”, os réus agindo em concurso de agentes simularam um assalto, com o verdadeiro objetivo de assassinarem Marcos Antônio de Nascimento. Ainda segundo o MP, o crime teve como mentora intelectual a irmã da vítima, Maria Celeste de Medeiros Nascimento, condenada em outubro de 2018 a 29 anos de prisão.

Conforme apuração da Polícia Civil à época, a acusada contratou pessoas para matar o irmão após ele descobrir que ela estava roubando o patrimônio da família, fruto de herança.

Da Redação com Assessoria

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe