A Paraíba vai ganhar 38 radares nas rodovias federais. Os equipamentos serão instalados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) em pontos de criticidade média, alta e muito alta. No total, com os novos monitores de velocidade, 81 faixas devem ganhar fiscalização.

Com a decisão foi homologada na última segunda-feira, dia 29, pela juíza Diana Wanderley da Silva, da 5ª Vara Federal de Brasília, após acordo realizado entre o Ministério Público Federal (MPF), a União, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), a Paraíba vai ganhar 38 radares nas rodovias federais.

Os equipamentos serão instalados pelo DNIT em pontos de criticidade média, alta e muito alta. No total, com os novos monitores de velocidade, 81 faixas devem ganhar fiscalização. Os trechos contemplados estão tanto em perímetros urbanos quanto rurais. No texto, a juíza destaca o que técnicos em engenharia de trânsito e a maioria da sociedade reconhecem a importância dos radares “como um dos principais instrumentos de controle de velocidade a salvar vidas, diante da grande imprudência de muitos motoristas no Brasil, e da falta de respeito às velocidades impostas”.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Para ficar isolada, grávida com suspeita de coronavírus é algemada em hospital

A Polícia Militar (PM) foi acionada, na última sexta-feira (27/03), no Hospital Manoel Novaes, em Itabuna na Bahia, para conter uma mulher com aparentes sintomas da Covid-19, doença causada pelo…

PM faz buscas à procura de homem que matou padrasto em Monte Horebe

Policiais da 3ª CIA /6º BPM, atenderam na noite de ontem (28), um chamado sobre a morte de um homem a facadas no Sítio João Velho, município de Monte Horebe,…