A Paraíba vai ganhar 38 radares nas rodovias federais. Os equipamentos serão instalados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) em pontos de criticidade média, alta e muito alta. No total, com os novos monitores de velocidade, 81 faixas devem ganhar fiscalização.

Com a decisão foi homologada na última segunda-feira, dia 29, pela juíza Diana Wanderley da Silva, da 5ª Vara Federal de Brasília, após acordo realizado entre o Ministério Público Federal (MPF), a União, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), a Paraíba vai ganhar 38 radares nas rodovias federais.

Os equipamentos serão instalados pelo DNIT em pontos de criticidade média, alta e muito alta. No total, com os novos monitores de velocidade, 81 faixas devem ganhar fiscalização. Os trechos contemplados estão tanto em perímetros urbanos quanto rurais. No texto, a juíza destaca o que técnicos em engenharia de trânsito e a maioria da sociedade reconhecem a importância dos radares “como um dos principais instrumentos de controle de velocidade a salvar vidas, diante da grande imprudência de muitos motoristas no Brasil, e da falta de respeito às velocidades impostas”.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Suspeito de assaltar vigilante da UFPB nesta sexta-feira é preso

Na tarde desta sexta-feira (21), um homem suspeito de ser um dos envolvidos no assalto a um vigilante da Universidade Federal da Paraíba foi preso. O homem foi capturado no…

Calvário: RC, Coriolano e mais seis terão que usar tornozeleira eletrônica

O desembargador Ricardo Vital de Almeida, relator da Operação Calvário no Tribunal de Justiça da Paraíba, determinou nesta sexta-feira (21) o uso de tornozeleira eletrônica para o ex-governador Ricardo Coutinho…