A Paraíba o tempo todo  |

Jovem morto a tiros em Santa Rita é enterrado e mãe cobra investigação

Foi enterrado no final da tarde de ontem (15) o corpo do jovem morto em um ataque a tiros em Santa Rita, na última segunda-feira (14). O enterro aconteceu em um cemitério do município.

Segundo familiares, Gabriel Francelino, de 22 anos, foi baleado por dois homens que perseguiam e atiravam contra uma outra pessoa. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu não resistiu aos ferimentos. A mãe da vítima, Elissandra Francelino, que é técnica de enfermagem no Hospital e Maternidade Flávio Ribeiro Coutinho, ainda socorreu o próprio filho.

A mãe de Gariel disse a imprensa, que não tem conhecimento de qualquer envolvimento do filho com o crime e que ele estudava para ser policial militar. “Se meu filho fosse errado eu tava consciente de que ele estaria colhendo o que plantou. Eu não sou pelo que é errado. Eu vivo trabalhando”, contou ela. Outras duas pessoas ficaram feridas durante o ataque a tiros. Uma delas segue internada no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa e outra já recebeu alta hospitalar.

Da Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      6
      Compartilhe