Em resposta as pressões que vem recebendo da sua base política para a escolha do seu sucessor nestas eleições, o prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues, mandou um recado para os que não forem escolhidos: “Eu mesmo já tentei ser candidato duas vezes e não fui, mas nunca fui do conflito”, disse Romero.

Entre os prováveis pré-candidatos do seu grupo que cobram uma definição do gestor campinense estão: o secretário de Ciência e Tecnologia, vereador licenciado, Lucas Ribeiro (Progressistas); o secretário do Planejamento, deputado licenciado, Tovar Correia Lima (PSDB); o ex-chefe de Gabinete e ex-deputado Bruno Cunha Lima (sem partido); e o empresário Dalton Gadelha (PSC). Isso, sem contar com, o ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB).

“Eu mesmo já tentei ser candidato duas vezes e não fui, mas nunca fui do conflito. Busquei sempre a conciliação. Se os pré-candidatos bem pensarem, se imbuírem de espírito conciliador, nós temos tudo para fazer uma boa campanha com o escolhido e chegarmos de fato à vitória”, comentou Romero, lembrando que nas vezes que Rômulo Gouveia foi candidato, mesmo não tendo sido o escolhido, chegou até a tirar licença do mandato de deputado para ajudar na campanha. Ele previu ainda entre final de março e de abril esse nome deverá ser definido e apresentado à população.

 

Redação

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PRF na Paraíba recupera veículo roubado que estava circulando clonado

A Polícia Rodoviária Federal na Paraíba recuperou na manha desta sexta-feira (3) um veículo roubado que estava circulando clonado. O número de veículos roubados recuperados pela PRF nas rodovias federais…

Prefeito interino de Patos deixa MDB após Dinaldinho ingressar na legenda

O prefeito interino de Patos, Ivanes Lacerda, decidiu deixar os quadros do MDB paraibano após o partido filiar o prefeito afastado Dinaldinho Wanderley em seus quadros. A nova casa do…