Dois irmãos suspeitos de praticar um homicídio foram presos em João Pessoa nesta quarta-feira (29) pela Polícia Civil. Eles foram localizados por equipes da Delegacia de Crimes Contra Pessoa da Capital e Delegacia Seccional de Solânea.

Os homens são apontados pelas investigações como sendo os executores de Rony Targino. Ele foi assassinado no último dia 18, no sitio “Caboclo”, na zona rural da cidade de Bananeiras, no interior da Paraíba.

Segundo o delegado Carlos Othon, de Crimes Contra Pessoa da Capital, as investigações apontaram que os irmãos esfaquearam a vítima, que ainda tentou fugir, mais foi perseguida e morta instantes depois. “A prisão foi realizada por agentes da Homicídios no bairro de Gramame, nesta Capital”, revelou o delegado.

O homem sofreu vários golpes de faca. Chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital. O crime ocorreu após uma discussão.

 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia prende suspeito de integrar rede de pedofilia na Paraíba

Um funcionário público municipal, que já responde processo por crime de estupro, foi preso pela Polícia Civil, após indícios de envolvimento com a prática de pedofilia. Com ele, foi encontrado…

Gangue da ‘marcha à ré’ volta a agir em mais uma loja em Campina Grande

Uma loja de roupas para crianças localizada no bairro do Catolé próximo a sede da OAB em Campina Grande foi arrombada na madrugada desta segunda-feira (07). Os criminosos conseguiram entrar…