Por pbagora.com.br

Na madrugada deste sábado (19), alguns internos do Centro Socioeducativo Edson Mota, localizado no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, queimaram colchões e danificaram parte da estrutura da unidade.

De acordo com informações, os internos conseguiram sair das alas danificando as colunas que fazem parte do sistema de ventilação dos quartos. Com isso, alguns menores conseguiram passar pela abertura, sair dos quartos e quebrar os cadeados, liberando outros.

Durante o tumulto, colchões chegaram a ser retirados dos quartos e queimados. Os menores ainda subiram no telhado. No início, os próprios agentes socioeducativos conseguiram conter os internos, mas posteriormente a Polícia Militar teve que intervir com uso de bala de borracha e bomba de efeito moral, já que os menores não permitiam a entrada do Corpo de Bombeiros na unidade.

Dois internos ficaram feridos, um com um corte na cabeça ao subir no telhado e o outro foi atingido por um tiro de bala de borracha na perna. Ambos foram atendidos e posteriormente liberados.

Uma sindicância foi aberta para apurar quem foram os internos envolvidos no tumulto.

No início desta semana, a polícia já havia sido acionada para abortar um princípio de rebelião no referido centro. Na ocasião, pelo menos quatro internos tentaram fugir, mas foram detidos.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mulher de 18 anos é morta com tiro na cabeça e suspeito é ex-namorado

Uma mulher de 18 anos foi assassinada, na noite dessa segunda-feira (19), no município de Boqueirão, no Cariri da Paraíba. O suspeito do crime é o ex-namorado da vítima que…

VÍDEO – Casa de candidato a prefeito de Baía da Traição é alvo de disparos

Na noite desta segunda-feira (19), a casa do candidato a prefeito da cidade de Baía da Traição, José Alberto Dias Freire, conhecido como Zé de Oscar, foi alvo de disparos…