A Paraíba o tempo todo  |

IML libera cinco corpos da chacina em Marcação; PC aponta que facções podem estar envolvidas

Os Integrantes do Instituto Médico Legal (IML), liberaram na noite de ontem (11), os corpos de cinco pessoas dentre seis que morreram durante uma chacina, na cidade de Marcação, no Litoral Norte paraibano.

Conforme o papiloscopista, Clébio Gomes, as vítimas foram identificadas após a coleta de impressões digitais. A Polícia Civil investiga as causas da chacina. Para o delegado Sylvio Rabelo, a motivação do massacre pode ter envolvimento de facções criminosas da região.

O ataque a tiros que aconteceu na Aldeia Caieira, no Litoral Norte, ainda deixou outras seis pessoas feridas. Um total de 15 pessoas – incluindo uma criança – estavam no local. Uma das vítimas tentou se esconder atrás de um guarda-roupas, mas foi atingida. Entre os mortos, estão três homens e três mulheres.

Sobreviventes

Dos seis feridos, três foram encaminhados ao Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa e passaram por procedimentos cirúrgicos. Eles possuem 15, 20 e 21 anos. Às 05h35, a vítima de 20 anos recebeu alta médica. Os demais feridos foram atendidos em unidades de saúde da região. Até a publicação desta matéria não foram informados detalhes sobre os estados de saúde dos pacientes.

Enterro – Estão programados para acontecer na manhã desta terça-feira (12) os velórios e sepultamentos das vítimas da chacina em Marcação, no Litoral Norte da Paraíba. Pelo menos cinco corpos haviam sido liberados ontem, e seguiram às últimas homenagens no Vale do Mamanguape. O ataque a tiros deixou seis mortos na Aldeia Caieira, zona rural da cidade. A polícia investiga as motivações e a primeira linha de apuração diz respeito a possibilidade dos crimes terem relação com o tráfico de drogas.

Da Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe