A Paraíba o tempo todo  |

Idosa acorda antes de ser cremada após família achar que tinha morrido

Uma mulher de 76 anos, na Índia, acordou momentos antes de o seu corpo ser cremado. A família de Shakuntala Gaikwad acreditava que a mulher tinha morrido vítima da Covid-19. A mulher testou positivo à doença em 10 de maio e depois disso o seu estado de saúde deteriorou-se consideravelmente.

A família transportou-a para o Silver Jubilee Hospital, em Baramati, mas não havia camas vagas para poder acolher a idosa.

A família esperou no exterior por uma ambulância que a transportasse para outro hospital, mas esta acabou por ficar inconsciente.

Numa altura em que a Índia vive uma grave crise pandémica, com falta de recursos humanos e materiais, a família acreditou que Shakuntala tivesse morrido e preparou-a para ser cremada. A mulher terá acordado momentos antes e ciente do que estava para acontecer começou a chorar em pânico.

O oficial da polícia Santosh Gaikwad confirmou o sucedido, noticia o Metro britânico.

A Índia tem, atualmente, mais de 3,3 milhões de casos de Covid-19 ativos. Com 25.228.996 infeções acumuladas, o país é o segundo no mundo a ultrapassar os 25 milhões de casos, depois dos Estados Unidos, de acordo com dados da Universidade norte-americana Johns Hopkins.

Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe