Por pbagora.com.br

No Início da madrugada desta quinta-feira (20), pai e filha foram vítimas de vários disparos de arma de fogo no bairro do Eitel Santiago, na cidade de Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa.

O vigilante identificado como Jerônimo e sua filha de 22 anos ainda não identificada tiveram a casa invadida por vários homens que já entraram atirando.

Feridas, as vítimas foram socorridas para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Santa Rita. Jerônimo foi atingido por vários disparos e foi transferido para o Hospital de Emergência e Trauma na Capital, porém, a jovem de 22 anos não resistiu aos ferimentos e morreu na UPA.

Mesmo baleada, a vítima conseguiu ligar para a irmã e pedir socorro. No momento em que a casa foi invadida, a jovem teria se abraçado ao pai com o objetivo de protegê-lo dos disparos.

Segundo informações, as pai e filha estavam dormindo quando tiveram a casa arrombada. Ainda baseado em informações colhidas no local, o vigilante teria se envolvido em um atrito verbal com um homem ainda não identificado na manhã desta quarta-feira(19). Este homem teria ameaçado de “dar um tiro na boca” do vigilante.

A polícia ainda não tem informações a respeito da autoria e da motivação do crime, mas já foi informada de que o vigilante seria ex-presidiário.

 

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Dois corpos de moradores de Pedras de Fogo são encontrados enterrados em Juripiranga

A polícia encontrou dois corpos enterrados em uma cova rasa no município de Juripiranga, na Paraíba, nesta sexta-feira (16). As vítima residiam no município de Pedras de Fogo. De acordo…

Polícia prende suspeito de atuar no tráfico de cocaína em Santa Rita

A Polícia Militar prendeu um jovem de 21 anos que estaria atuando no tráfico de cocaína, na noite dessa sexta-feira (16), na cidade de Santa Rita. Com ele, foram apreendidas…