Um dos presos da Casa Albergue do Monte Santo, em Campina Grande, se passava pelo irmão que está morto desde 2016 para poder ganhar benefícios.

De acordo com informações o detento falsificou o atestado de óbito do irmão fazendo com que para a justiça ele continuasse vivo e ele próprio tivesse morrido.

Com o golpe o detento teria a intenção de voltar a ser réu primário.

A direção do presídio declarou que a farsa fi tão bemmontada que além do atestado de óbito, o homem também utilizava os documento de identidade de CPF do seu irmão falecido.

Apesar da descoberta o homem continua a alegar que é o irmão morto. Ele segue preso no cela de isolamento Presídio do Monte Santo.

PB Agora

Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Suspeito de construir prédios que desabaram no Rio é preso em PE

A Polícia Militar de Pernambuco prendeu um dos suspeitos de construir os prédios que desabaram na comunidade da Muzema, na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro, em abril…

Polícia apreende carro de luxo clonado, em João Pessoa

Nesta quinta-feira (19), um Camaro vermelho foi apreendido pela Polícia Militar no bairro do Brisamar, em João Pessoa. De acordo com as informações o veículo, avaliado em R$ 320 mil,…