A polícia prendeu um homem suspeito de cobrar até R$ 500 para fornecer emprego falso, em Monteiro, no Cariri paraibano.
Segundo apurou a polícia, o suspeito cobrava entre R$ 350 e R$ 500 para conseguir um emprego falso para pessoas desempregadas. O suspeito se passava por um representante sindical de uma empresa de ônibus.

O homem prometia emprego para pessoas que estavam interessada, mas cobrava a quantia para poder disponibilizar a vaga. Além disso, ele também já praticava negócios fraudulentos pelas redes sociais, vendendo produtos, recebendo a quantia, mas sem realizar a entrega.

De acordo com o delegado Jorge Luiz, há vítimas no Rio Grande do Norte e Paraíba, mas a maioria foi no estado do Ceará.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Incêndio destrói bar no bairro dos Bancários, em João Pessoa

Um incêndio na madrugada do domingo (5), no bairro dos Bancários, em João Pessoa, deixou um bar destruído. Segundo o proprietário, as chamas começaram depois do expediente do último sábado…

Pré-candidato à PMCG denuncia que assaltos às suas lojas têm conotação política

Por meio das suas redes sociais o empresário e pré-candidato do PSL a prefeitura de Campina Grande Artur Bolinha, postou que os recentes assaltos a suas lojas na cidade, pela…