Por pbagora.com.br
imagem ilustrativa

Um homem foi preso,  no Sertão do Estado, por manter aves em cativeiro em seu estabelecimento comercial. Ele informou à Polícia que tem autorização para criar sete aves, mas mantinha 35 animais de espécies variadas presos em gaiolas.

Segundo o delegado Carlos Seabra, da Delegacia Seccional de Itaporanga, “Policiais civis do Grupo Tático Especial da 17ª DSPC e policiais da delegacia de Piancó receberam uma denúncia anônima que um borracheiro teria diversas aves em cativeiro. Ao chegarem no endereço, os policiais encontraram diversas aves presas em gaiolas e sem autorização do órgão competente”, disse.

“O borracheiro afirma ter autorização apenas para criar as seguintes aves:  três sabiás laranjeiras, dois chofreus, um azulão fêmea e uma sabiá branca. As demais estão em cativeiro de forma irregular”, afirmou.

Ele disse ainda que policiais da 3ª Companhia Ambiental de Patos foram até a cidade de Piancó, onde fizeram a apreensão das aves e das gaiolas. “As aves ficarão em um viveiro até aprenderem a viver na natureza, em seguida serão soltas em uma reserva particular de proteção natural”, concluiu.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia prende foragido da Justiça após descobrir arsenal na cidade de Santa Rita

A Polícia Militar prendeu, neste sábado (8), no bairro de Tibiri, em Santa Rita, um homem procurado pela Justiça, após localizar, na residência dele, um arsenal com armas, munições, coletes…