Por pbagora.com.br

Crime ambiental. A Polícia Ambiental (BPAmb), prendeu na manhã deste sábado (15), Um homem de 57 anos com pelo menos 50 aves de várias. As aves estavam sendo comercializadas em uma feira no município de Santa Rita, que fica na Região Metropolitana de João Pessoa.

A operação é resultado de levantamentos realizados pelas equipes policiais que atuam na defesa do meio ambiente, que constataram que após a flexibilização de algumas medidas do isolamento social, os suspeitos de comercializar aves silvestres voltaram a agir em feiras livres.

Conforme a Polícia Militar, os animais serão levados para a sede do Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) e de lá vão ser encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS), em Cabedelo. O suspeito preso foi apresentado na 6ª delegacia distrital, em Santa Rita.

De acordo com a PM, a venda de animais silvestres é considerada crime, com pena de seis meses a um ano, e o autor é multado em R$ 500 por cada animal apreendido. Além disso, caso a espécie seja ameaçada de extinção, a pena é aumentada e a multa pode chegar a R$ 5 mil por cada animal.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Madastra é presa suspeita de morte de criança em Campina Grande

A Polífia Civil prendeu uma mulher suspeita da morte de menino de 4 anos na Paraíbna. A prisão acontteceu após o resultado da perícia realizada pelo Núcleo de Medicina e…

Operação prende três homens suspeitos de aterrorizar cidade da PB

A Polícia Civil da Paraíba, durante operação conjunta com a Polícia Militar e Bombeiros Militar, prendeu na manhã desta terça-feira (22) três homens suspeitos de porte e posse ilegal de…