Por pbagora.com.br

Uma grande operação do GAECO, da Receita Estadual, da Polícia Civil e do Tribunal de Contas do Estado foi deflagrada uma operação na manhã desta sexta-feira (10), contra fraude em processos licitatórios na Prefeitura de Alhandra. Também participa da Operação Estirque, a Controladoria Geral da União.

Ao todo estão sendo cumpridos 18 mandados de busca e apreensão em endereços dos investigados.

Segundo uma auditoria do TCE, a Prefeitura de Alhandra iria realizar uma licitação para adquirir plantas ornamentais mesmo durante a pandemia do novo coronavírus. Além disso, as pessoas que concorriam nos certames tinha ligação direta com as licitações. Segundo o superintendente da CGU, Severino Queiroz, as empresas participantes das licitações são ligadas a parentes do prefeito Renato Mendes.

 

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Corpo de Bombeiros investiga causas de incêndios em lanchonete de Campina

O Corpo de Bombeiros está investigando as causas de um incêndio que destruiu o teto de uma lanchonete localizada às margens do Açude Velho, em Campina Grande. De acordo com…

Polícia prende homem suspeito de praticar assaltos em João Pessoa

A Polícia Militar prendeu um homem suspeito de praticar assaltos em vários bairros de João Pessoa. De acordo com a Polícia, o suspeito trocava de roupa após cometer o crime…