A Paraíba o tempo todo  |

Funcionário é preso por informar bandidos sobre empresa

Um funcionário da empresa de lajes localizada em Camboinha, que foi assaltada nesta sexta-feira (27), confessou que passou aos bandidos todas as informações sobre a movimentação do dinheiro do estabelecimento comercial. Durante o crime, o dono da empresa foi baleado.

 

Identificado como Jerôncio Domingos dos Santos, de 27 anos, ele foi preso e confessou durante depoimento que deu informações da empresa porque ganharia um dinheiro para comprar uma arma.

 

De acordo com o major Pablo Cunha, comandante da Companhia da Polícia Militar de Cabedelo, Jerôncio Domingos disse que estava precisando de uma arma pra se vingar de umas tentativas de homicídios que tinha sofrido.

A polícia já identificou os outros envolvidos no crime: são quatro rapazes que continuam foragidos, mas que devem ser presos a qualquer momento.

 

O major Pablo Cunha revelou que três homens armados, sendo um com revólver e outros dois com facas, chegaram ao local e levaram cerca de R$ 500 em dinheiro, além de um celular e alguns pertences. Após o roubo, eles atiraram na vítima. A quantidade dos disparos não foi informada.

 

Ferido, o empresário foi levado para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, onde passou por cirurgia e está internado em estado regular. O assalto ocorreu pouco depois que o dono do estabelecimento havia efetuado o pagamento dos funcionários.

 

Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe