A Paraíba o tempo todo  |

Foragido da ‘Operação Caduceu’, cujo golpe causou prejuízo de mais de R$ 10 milhões, é preso

Imagem ilustrativa

A Polícia Civil da Paraíba, através do trabalho do Grupo Tático Especial (GTE) de Esperança, prendeu nesta terça-feira, 31, o homem que conseguiu fugir da “Operação Caduceu” realizada no útlimo dia 12 de julho. O campinense de 41 anos já se encontra recolhido na Cadeia Pública de Esperança à disposição da Justiça.

Segundo o delegado Cristiano Santana, as investigações que desencadearam a “Operação Caduceu” referem-se ao golpe aplicado em mais de 40 fornecedores de cereais, frios e outros produtos do gênero de todo o país. As estimativas de prejuízo foram na ordem de 10 milhões de Reais”, lembrou.

A operação foi deflagrada em uma ação conjunta das Polícias Civis da Paraíba e do Rio Grande do Norte, quando foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão, nas cidades de Campina Grande, João Pessoa e Natal.

Participaram policiais do Grupo Tático Especial (GTE) da 12ª Delegacia Seccional de Esperança, como apoio da DEICOR/RN (Divisão Especializada em Investigações e Combate ao Crime Organizado), e ainda, da Delegacia de Defraudações de João Pessoa.

Entenda o caso

Golpistas do Estado do Rio Grande do Norte se instalaram na cidade de Esperança e, com o apoio de um comerciante local (também alvo da investigação) alugaram um depósito no Centro da cidade, passando a operar uma pequena distribuidora de gêneros alimenticios e de limpeza, como também de bebida (ATACADO TROPICAL).

No início, o grupo criminoso comprava quantidades menores aos fornecedores, mas com o passar dos meses, iam adquirindo a confiança e aumentando seu score, aumentando gradativamente seu volume de mercadorias.

“Somente entre os meses de março e abril do corrente ano, realizaram compras milionárias a diversos fornecedores e “sumiram do mapa”. Deixando vários empresários (fornecedores) desesperados, chegando o caso à Polícia Civil, que instaurou inquérito e fez as representações devidas”, concluiu o delegado Cristiano Santana.

PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe