A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Famílias aguardam liberação de corpos para sepultamento de paraibanas

Familiares do trágico acidente ocorrido ontem (11), na BR-116, na região de Paulo Afonso, na Bahia, que vitimou duas paraibanas oriundas da cidade de Itaporanga, no Vale do Piancó, aguardam a chegada dos corpos das três paraibanas que perderam suas vidas no incidente.

O veículo envolvido no acidente transportava a empresária Auricélia Guimarães, juntamente com Alessandra Barreiro e sua mãe, Maria de Lurdes Barreiro, além do motorista contratado para fazer a viagem de São Paulo até Itaporanga. A colisão, que envolveu quatro veículos, incluindo um caminhão e uma caminhonete, resultou na perda irreparável das vidas das três mulheres paraibanas. O corpo do motorista ainda está sem identificação no Instituto Médico Legal (IML) de Juazeiro do Norte, na Bahia.

A previsão é que os corpos das vítimas cheguem à cidade de Itaporanga ainda na madrugada de ontem.

Redação

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe