A Paraíba o tempo todo  |

Falso pastor é preso na PB por suspeita de matar, esquartejar e ocultar cadáver de homem

Um falso pastor, que atuava em uma igreja evangélica no município cearense de Farias Brito, foi preso nesta quarta-feira (10) suspeito de um crime brutal: o assassinato, esquartejamento e ocultação do corpo de um homem identificado como Junior de Nereida. O crime aconteceu em Itaporanga, no Sertão paraibano.

A prisão do suspeito foi realizada pela Polícia Civil da Paraíba na cidade de Farias Brito, no Ceará, após a conclusão do inquérito sobre a morte de Junior de Nereida. Segundo o delegado Ilamilton Simplício, o falso pastor foi indiciado por homicídio quadruplamente qualificado, ocultação de cadáver e estelionato.

“As investigações apontaram que o crime foi motivado por questões financeiras”, revelou o delegado. “O suspeito teria se apresentado como pastor para a vítima e a induzido a investir dinheiro em um falso negócio. Quando a vítima cobrou o retorno do investimento, o falso pastor a assassinou e ocultou o corpo.”

O delegado Ilamilton Simplício também informou que outro indivíduo foi indiciado por ocultação de cadáver e estelionato. “Este segundo investigado teria auxiliado o falso pastor na ocultação do corpo da vítima”, disse.

O falso pastor preso será apresentado em audiência de custódia no Ceará e posteriormente recambiado para a Cadeia Pública de Itaporanga, onde aguardará julgamento.

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Total
      0
      Compartilhe