Por pbagora.com.br

O ex-presidiário Edilson Cavalcante dos Santos, 33 anos, foi executado a tiros na tarde de ontem, domingo (29) no município de Alagoa Grande. Informações colhidas pela Polícia Militar dão conta que um homem em uma motocicleta, não identificado, se aproximou da vítima, desferiu os disparos e se evadiu do local.  O crime aconteceu nas proximidades do povoado da Barreira.

A guarnição manteve contato com o irmão da vítima que confirmou que o parente havia sido preso em 2016 por furto. Ele ainda revelou à polícia que uma semana atrás o irmão havia sofrido uma perseguição, mas conseguiu escapar.

A guarnição fez o isolamento do local do crime e em seguida acionou o delegado plantonista e uma equipe da perícia cientifica que estiveram no local realizando os procedimentos de praxe. As guarnições realizaram diversas diligências no intuito de localizar o autor do delito porem até a manhã desta segunda-feira (30) ninguém havia sido preso.

 

PB Agora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias relacionadas

Polícia intercepta rolezinho de motos e notifica participantes

A Polícia Militar interceptou um grupo com mais de 20 motociclistas que promoveram um ‘rolezinho’ com motos irregulares, inclusive praticando manobras perigosas, neste domingo (24), entre as cidades de Tavares…

Polícia prende suspeitos e impede furto de carga de eletrônicos em João Pessoa

Uma ação rápida da Polícia Civil da Paraíba impediu o furto de uma carga de aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos, na madrugada desta segunda-feira (25), em João Pessoa. Criminosos invadiram um…