42Um processo junto a 3ª Vara Mista da Justiça do município de Santa Rita, chamou a atenção da imprensa. Trata-se que Cléia Cristina Maciel Felix, está processando o ex-prefeito de Santa Rita, Reginaldo Pereira, em uma indenização de R$ 800 mil para “compensar uma esperança de vida desfeita”. A ex-companheira entrou na justiça com uma Ação de Dissolução de Sociedade de Fato com um pedido de indenização por serviços domésticos prestados ao longo de 25 anos de relacionamento, além de requerer 50% da aposentadoria de Procurador do Estado do ex-gestor, a título de pensão alimentícia.

A ex-companheira de Reginaldo alega que viveu maritalmente com o marido entre maio de 1993 e fevereiro deste ano, dedicando-se exclusivamente, em um relacionamento público e de total conhecimento pelos familiares e pela sociedade. E que o ex-prefeito manteve com ela um relacionamento sem dar liberdade, impedido de visitar a sua família, estudar, ter filhos e ver amigos.

Ainda segundo Cléia, do início ao fim do relacionamento, tinha os custos com água, luz, telefone, internet, feira, viagens, cartão de crédito e alugueis pagos por Reginaldo. Além de que, ele era seu avalista na locação de imóveis para sua moradia e cita alguns condomínios onde morou custeada por ele.

 

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia deflagra quarta edição da Operação Alvorada em toda a PB

A Polícia Militar realiza, na manhã desta sexta-feira (20), a 4ª edição da Operação Alvorada, que tem o objetivo de inibir ações delituosas e combater os crimes patrimoniais, como os…

MP autuou 42 postos de combustíveis de Campina por alinhamento de preço

Durante uma fiscalização do MP-Procon ontem (19), em Campina Grande, autuou 42 postos de combustíveis localizados na cidade, pela prática de alinhamento de preço. Conforme o órgão fiscalizador, o alinhamento…