Evangélico acusado de matar e enterrar jovem no quintal é julgado em Alhandra

Um evangélico acusado de torturar, assassinar, queimar e enterrar no quintal da própria casa o corpo de uma jovem de 18 anos há cerca de dois anos, no município do Conde, será julgado nesta quinta-feira, dia 16, a partir das 8h, no Fórum de Alhandra. Josinaldo Soares, de 26 anos, que frequentava a igreja Assembleia de Deus na época do crime, confessou ter matado a estudante Carla Eugênia, de 18 anos, e foi levado para o Presídio do Róger, onde encontra-se preso aguardando julgamento.

O crime que assolou a população do município do Conde aconteceu no dia 11 de novembro de 2008, mas o corpo de Carla só foi encontrado pela polícia 18 dias depois, após Josinaldo assumir que teria enterrado a menina no quintal da própria casa. Na época, ele ainda chegou a matar um cachorro e enterrá-lo no mesmo local, para despistar a polícia. A autoria do crime só foi desvendada porque o acusado utilizou o celular de Carla para fazer ligações telefônicas e ameaçar a família da vítima.

A mãe da garota, Analu Pereira da Silva, diz que está ansiosa para o julgamento e espera que o acusado de matar sua filha seja condenado com a pena máxima. “A justiça não pode trazer minha filha de volta, mas precisamos acreditar que a justiça vai ser feita e esse monstro vai pagar pelo que fez com a minha menina”, espera Analu.

Carla Eugênia foi vista pela última vez após sair de casa para ir até uma agência dos Correios, no município do Conde. A família ficou sem notícias da filha até que o corpo foi encontrado enterrado, 18 dias depois, no dia do aniversário de Analu. O acusado de praticar o crime ainda chegou a consolar os pais da garota com palavras de conforto. A família acredita que Josinaldo tenha torturado e assassinado Carla por causa de uma dívida de R$ 147.

 

O Norte

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Arma de fogo de uso restrito é apreendida e homem é preso pela PRF na Paraíba

A Polícia Rodoviária Federal na Paraíba prendeu no início da noite dessa quinta-feira (28), em Alcantil, município da Região Metropolitana de Campina Grande, um homem com uma pistola de uso…

Polícia Militar é acionada após mulher discutir com o marido e ameaçar atirar

Policiais militares do Grupo de Ação Tática (GAT) foram acionados, no final da manhã desta sexta-feira (29), para tentar impedir uma tragédia em um flat na orla de Cabo Branco.…