Por pbagora.com.br

Idoso se revolta com atendimento em posto de saúde e mata funcionária em Santa Catarina

Mulher foi morta por idoso, que estaria revoltado por causa da demora no atendimento

Uma mulher foi morta a tiros no início da noite desta terça-feira em uma unidade de saúde de Correia Pinto, na Serra catarinense. De acordo com a Polícia Militar, a vítima, de 41 anos, era funcionária do local.

O atirador, de 65 anos, foi preso em flagrante. Durante o depoimento, ele contou que foi mal atendido durante a tarde e chegou a registrar um boletim de ocorrência sobre o caso. Ainda irritado, pegou um revólver calibre 38, atirou na vítima e descarregou a arma em equipamentos médicos.

Pacientes e funcionários se jogaram no chão e atrás de móveis para se proteger dos disparos. Algumas pessoas que não foram atingidas precisaram de atendimento médico, porque entraram em estado de choque.

O suspeito saiu da unidade de saúde, foi preso e levado para 1ª DP de Lages. O delegado Cesar Talon disse que o homem declarou que iria se apresentar à Polícia Civil. Ele vai responder inquérito por homicídio doloso (com intenção de matar), porte e posse ilegal de arma.

 

Correio Braziliense

Notícias relacionadas

Polícia prende suspeito de atuar no tráfico de cocaína em Santa Rita

A Polícia Militar prendeu um jovem de 21 anos que estaria atuando no tráfico de cocaína, na noite dessa sexta-feira (16), na cidade de Santa Rita. Com ele, foram apreendidas…

Polícia apreende arma ao interceptar veículo em Santa Rita

A Polícia Militar interceptou um carro que estava circulando com os faróis apagados, na noite dessa sexta-feira (16), e aprendeu um revólver que era transportado no veículo, no bairro de…