Para o especialista em Segurança Pública, José Maria Nóbrega, Coordenador do Núcleo de Violência da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), o surgimento de armamento pesado nas ruas da Paraíba ainda é um fenômeno muito recente, que carece de dados e estudos para que se possa atestar com embasamento científico se está mesmo havendo essa mudança ou se são casos pontuais.

 

No entanto, ele acredita que facções como a Okaida estão mais organizadas, com mais dinheiro e podendo comprar armas mais caras. “Tudo que falamos é com base em dados. Seria necessário fazer um levantamento dos assaltos que ocorreram de janeiro até agora, por exemplo e verificar os meios que os bandidos empregaram. Mas é notório que há uma maior organização da Okaida e que, com o aumento dos crimes patrimoniais no Estado, eles estão com mais dinheiro. Com isso podem estar adquirindo armamentos pesados. Como já estão com um fuzil na mão e a oportunidade do assalto está à frente, ele use esse armamento para cometer o crime. Mas ainda não temos base científica para atestar essa mudança do armamento deles, por ser algo muito recente”, disse José Maria.

 

O aumento do poder de fogo dos bandidos também está refletido nas apreensões feitas pela polícia. Segundo o comandante da PM, coronel Euller Chaves, aumentaram as apreensões de fuzis e duas metralhadoras calibre 50 fora tomadas dos bandidos, em menos de um ano. O oficial disse que a média atual de apreensões de fuzis no Brasil é de um por dia, o que dá uma médica de 365 armas desse tipo, todos os anos. Euller Chaves também apontou a legislação brasileira pelo incremento do poder de fogo do crime e a limitação das polícias em fazer frente ao arsenal.

 

Redação

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PM prende suspeitos de roubo, homicídio e com arma de fogo na região metropolitana de JP

A Polícia Militar intensificou as ações, no início da tarde deste sábado (24), na região metropolitana de João Pessoa, e prendeu quatro suspeitos que estavam com arma de fogo,  réplica de…

Detentos fogem de cadeia pública de Sumé, na manhã deste domingo

Uma fuga de detentos foi percebida na manhã deste domingo (25), quando quatro apenados fugiram da Cadeia Pública de Sumé, no Cariri da Paraíba. O diretor da unidade prisional, Valcir…