O mal estar entre o deputado estadual Tião Gomes, do PSL, conhecido por seu gênio explosivo, e o humorista Zé Lezin, no Restaurante Gulliver, em João Pessoa foi parar na polícia.

 

O deputado foi até a delegacia e fez um boletim de ocorrência onde acusa o humorista de utilizar palavras "desabonadoras a sua honra e conduta moral, como bandido". Confira abaixo o documento.

 

Na versão do parlamentar, Zé Lezin chegou ao local e foi convidado a sentar à mesa, mas o humorista reagiu, dizendo que não gostaria de ser preso.

 

A resposta irritou Gomes, que se sentiu insultado de ladrão por parte do comediante.

 

""

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia prende suspeita de tráfico de drogas em Santa Rita

Em mais uma ação de combate ao tráfico de drogas, a Polícia Militar prendeu uma suspeita que estava com 40 pequenas pedras de substância semelhante ao crack, prontas para o…

PRF na PB recupera caminhonete roubada após homem abandonar o veículo

A Polícia Rodoviária Federal na Paraíba recuperou, na noite da última segunda-feira (25), uma caminhonete roubada após motorista abandonar o veículo ao avistar uma fiscalização da PRF realizada em João…