Red light flasher atop of a police car. City lights on the background.

Na noite desta sexta-feira (10), a Polícia Militar foi acionada após denúncia de que um homem de 31 anos estaria mantendo a família refém no bairro de Tambaú, em João Pessoa. A negociação com o Grupamento de Ações Táticas Especiais (Gate) durou mais de duas horas.

De acordo com a polícia, o homem teve um surto psicótico, passou a ameaçar familiares e a declarar que tiraria a própria vida. Policiais da Companhia Especializada em Apoio ao Turista (CEATur) esteve no local e controlou a ação até a chegada do Grupamento de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar. Não houve reféns.

Segundo informações repassadas à polícia pelos familiares, o rapaz é usuário de drogas e de medicamentos controlados, e já teria surtado outras vezes.

No local, policiais do GATE constataram que o homem estava agressivo, agitado e quebrando objetos no apartamento. Ele também impediu a a entrada da polícia e alegou que se mataria pulando da varanda. O homem também portava uma faca.

Após quase 3h de negociação, o rapaz colocou fogo em um pano e arremessou contra a equipe do Gate. Encerrada a etapa e negociação, os policiais decidiram entrar e conter o rapaz. A iniciativa deu certo e o homem foi detido.

Imobilizado, o homem foi levado para o Hospital de Emergência e Trauma.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Paraibanos são presos no Aeroporto de Natal com 47 kg de maconha

A Polícia Federal prendeu em flagrante no Aeroporto Internacional de Natal quatro mulheres e um homem por tráfico de drogas. As mulheres desembarcaram de um voo que teve origem em…

Polícia prende suspeita de tráfico de drogas em Santa Rita

Em mais uma ação de combate ao tráfico de drogas, a Polícia Militar prendeu uma suspeita que estava com 40 pequenas pedras de substância semelhante ao crack, prontas para o…