Por pbagora.com.br
Red light flasher atop of a police car. City lights on the background.

Na noite desta sexta-feira (10), a Polícia Militar foi acionada após denúncia de que um homem de 31 anos estaria mantendo a família refém no bairro de Tambaú, em João Pessoa. A negociação com o Grupamento de Ações Táticas Especiais (Gate) durou mais de duas horas.

De acordo com a polícia, o homem teve um surto psicótico, passou a ameaçar familiares e a declarar que tiraria a própria vida. Policiais da Companhia Especializada em Apoio ao Turista (CEATur) esteve no local e controlou a ação até a chegada do Grupamento de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar. Não houve reféns.

Segundo informações repassadas à polícia pelos familiares, o rapaz é usuário de drogas e de medicamentos controlados, e já teria surtado outras vezes.

No local, policiais do GATE constataram que o homem estava agressivo, agitado e quebrando objetos no apartamento. Ele também impediu a a entrada da polícia e alegou que se mataria pulando da varanda. O homem também portava uma faca.

Após quase 3h de negociação, o rapaz colocou fogo em um pano e arremessou contra a equipe do Gate. Encerrada a etapa e negociação, os policiais decidiram entrar e conter o rapaz. A iniciativa deu certo e o homem foi detido.

Imobilizado, o homem foi levado para o Hospital de Emergência e Trauma.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Suspeita de tráfico é presa em quiosque na orla da praia de Cabo Branco, em JP

A Polícia Militar prendeu ontem (29), um mulher de 36 anos em decorrência de uma abordagem. O caso foi registrado em um quiosque na orla da praia de Cabo Branco,…

PM apreende 16 aves silvestres e aplica multa de R$ 8 mil a criador

Nessa terça-feira (29), Policiais Militares do Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) apreenderam dezesseis aves silvestres no município de Lucena. A ação desencadeou-se a partir de uma denúncia acerca de um…