A Paraíba o tempo todo  |

Dono de vídeo-game nos Ipês é preso acusado de pedofilia

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O comerciante Alberto Fernandes, 47, foi preso e autuado em flagrante pela delegada Maria Soledade, da infância e Juventude, na tarde desta sexta-feira.

Alberto Fernandes – conhecido como "Beto do Vídeogame" – está sendo acusado de aliciar menores de idade, após convidá-las para seu estabelecimento comercial, na Rua Rodrigues Alves, situado por trás do Colégio Pinto Ubirajara, nos Ipês.

Os pais de uma menor de 9 anos de idade, Janilson Bento da Silva e Márcia da Silva Gomes – prestaram queixa contra o comerciante, após a filha ter confessado estar sendo vítima de assédio e abuso sexual, periodicamente, sempre que voltava do colégio e passava em frente ao vídeo-game.

A garota confessou aos pais que Alberto Fernandes, após deixá-la brincar com os equipamentos, a levava para os fundos do estabelecimento e praticava abusos com ela.

O conselheiro tutelar da Região Norte, Luiz Brilhante, está acompanhando o caso e assegurou que existem outros índicios de que mais crianças foram abusadas sexualmente pelo comerciante.

Após colher o depoimento dos pais e também ouvir o acusado, a delegada Maria Soledade decidiu apreender máquinas caca-níquel no estabelecimento de Alberto Fernandes, nos Ipês.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe