Por pbagora.com.br

O trio foi preso em Mamanguape com 40 cartões bancários, uma maquineta de cartão, quatro aparelhos de aferir pressão arterial, dois aparelhos de medição de glicemia e um aparelho celular

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba prendeu em Mamanguape, na tarde deste sábado (25), três pessoas, dois homens e uma mulher, que se passavam por agentes de saúde pública para aplicar golpes em idosos.

A ação ocorreu durante fiscalização na BR 101, km 38, em frente à unidade operacional de Mamanguape. Os policiais abordaram o veículo Ford Ka e verificaram inicialmente que o condutor possuía vários cartões bancários de titularidade de pessoas diversas no seu bolso. Após fiscalização minuciosa, foram encontrados mais cartões pertencentes a outras pessoas embaixo do painel do veículo, totalizando 40 cartões bancários. A equipe também encontrou uma maquineta de cartão, quatro aparelhos de aferir pressão arterial, dois aparelhos de medição de glicemia capilar e um aparelho celular.

Os policiais entraram em contato com algumas vítimas, que confirmaram ter caído em um golpe aplicado pelo trio. Em um dos casos, a vítima, que mora na cidade de Junco do Seridó, no agreste paraibano, informou que teve a quantia de R$ 4 mil subtraída de sua conta bancária e R$ 500 em espécie. Outra vítima, moradora da cidade de Patos, informou que as três pessoas se identificaram como agentes de saúde do governo federal e entraram na sua residência para realizar exames sanguíneos. Após a visita, percebeu que seu cartão bancário e aparelho celular foram furtados. As vítimas reconheceram os golpistas.

O trio não soube explicar a origem do material apreendido. Apenas a mulher tinha antecedentes criminais. Os homens, de 52 e 29 anos, e a mulher, de 37 anos, foram detidos, encaminhados à Polícia Civil de Mamanguape e responderão pelos crimes de estelionato, furto e falsidade ideológica.

 

Redação com Nucom-PRF

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia desarticula ponto de venda de drogas e prende dupla na Capital

A Polícia Militar desarticulou mais um ponto de tráfico de drogas, prendeu dois suspeitos, apreendeu maconha e radiocomunicadores usados por criminosos. A ação aconteceu na comunidade do Aratu, no bairro…

Polícia Civil irá investigar assassinato de pré-candidato em Pedras de Fogo

A Polícia Civil irá investigar o assassinato do empresário Abson Matos Paiva, conhecido em Pedras de Fogo pelas críticas à gestão do prefeito Dedé Romão, que foi assassinado, na noite…