Por pbagora.com.br

O deputado federal Carlos Laterça (PSL-RJ) revelou no último domingo (21) em vídeo postado nas redes sociais que o seu colega de bancada, Daniel Silveira (PSL-RJ), admitiu que gravou sem autorização uma conversa com o presidente Jair Bolsonaro.

“Ele me revelou que já tinha feito gravações de algumas pessoas, ele tinha esse mau hábito, se valendo disso para se autopromover. Ele disse pra mim que havia gravado o presidente da República, eu falei ‘meu deus, que homem é esse?”, afirma Laterça, que diz que a confissão ocorreu durante uma viagem feita em 2019, quando a bancada do PSL visitou a China a convite do governo chines.

Felício foi um dos 364 parlamentares que votaram a favor da manutenção da prisão de Silveira na última sexta (19) em votação na Câmara e defendeu o voto: “A Câmara fez o seu papel, a discussão é política. Ele é uma negação”.

Redação

Notícias relacionadas

Polícia Militar encerra festa com cerca de 50 pessoas em JP

A Polícia Militar pôs fim a uma festa que acontecia no bairro Jardim São Paulo, na zona sul de João Pessoa, na madrugada deste domingo (7). No evento, que violava…