Por pbagora.com.br

Toda a cúpula da administração pública municipal de Cabedelo, na Região Metropolitana de João Pessoa, foi afastada cautelarmente do cargo.

A decisão faz parte da operação Xeque-Mate, desencadeada na manhã desta terça-feira (3). A ação é executada pela Polícia Federal em parceria com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Estado. Ao todo, foram afastados 85 servidores públicos, contando entre eles o prefeito Leto Viana; o vice-prefeito Flávio Oliveira, e o presidente da Câmara Municipal, Lúcio José.

Como parte da operação, foram cumpridos 11 mandados de prisão preventiva, 15 sequestros de imóveis e 36 de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal de Justiça da Paraíba. Ao contrário do prefeito, que foi preso, o vice foi apenas afastado do cargo.

Em coletiva de imprensa, a Polícia confirmou que há indícios de que o prefeito Leto Viana tenha comprado o mandato após um acordo com o então gestor, Luceninha (MDB), que renunciou ao mandato poucos meses após a posse.

""

Redação com Blog do Suetoni

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia confronta grupo que planejava promover ataque a tiros em JP

A Polícia Militar se deparou com um grupo formado por pelo menos oito integrantes que planejava promover um ataque a tiros, no fim da tarde dessa segunda-feira (23), no bairro…

Polícia investiga assassinato de idosa de 80 anos em Campina Grande

A morte de uma idosa, supostamente asfixiada com fio de ventilador em Campina Grande está sendo investigada pela polícia. O caso aconteceu no bairro de Bodocongó III, e segundo informações…