Por pbagora.com.br

 Em entrevista a Rádio Correio FM, O comandante geral da Polícia Militar do estado da Paraíba, Coronel Euller Chaves, fez um desabafo  após algumas críticas destinadas a segurança pública do estado.

Durante a semana santa foram registrados vários crimes e em virtude disso, o mesmo foi convidado para uma entrevista em uma emissora de rádio da capital.

Durante a entrevista, Euller disse que não se pode policializar a violência e caracterizou como covardia a culpar as polícias pela criminalidade.

O coronel disse a responsabilidade não é só dos órgãos de segurança e que falta educação e caráter nas pessoas.

 

– Nós não podemos, enquanto cidadãos conscientes, policializar a violência humana. É covardia culpar a polícia pelo que está acontecendo no mundo. Faltam educação e caráter em pessoas que insistem em culpar os homens e mulheres que trabalham cotidianamente, muitas vezes enxugando gelo. Não pode se analisar a realidade da Paraíba apenas no período da semana santa. É muito fácil criticar, mas não é problema só da polícia – desabafou.

 

O comandante comentou ainda o projeto que quer reduzir a maioridade penal. Segundo ele, essa atitude é equivocada.

– Falam muito em redução da maioridade penal, mas creio que isso seja um equívoco. Temos um sistema educacional e de ressocialização falho. É preciso pensar essas questões – opinou.

Chaves declarou ainda que os bandidos não estão mais munidos que as forças de segurança e que a polícia não tem medo dos criminosos.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Acusado de praticar homicídios em Catolé do Rocha é preso em João Pessoa

Um homem de 21 anos de idade, acusado de integrar uma facção criminosa e atuar em uma série de homicídios na cidade de Catolé do Rocha, no interior da Paraíba,…

Polícia desarticula cassino clandestino pela 22ª vez em João Pessoa

A Polícia Militar desarticulou um cassino clandestino que funcionava em uma casa, na noite dessa terça-feira (19), no bairro de Mangabeira I, na zona sul de João Pessoa. Esta foi…