Por pbagora.com.br

O comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar, Coronel Damasceno, afirmou que a semana do São João foi “uma semana de pico” e disse que houve um grande fluxo de pessoas oriundas de outras cidades e estados em Campina Grande.

Ele destacou que já foi possível observar a redução em 70% no número de homicídios em comparação ao mesmo período de 2018.

– Já temos algumas coisas positivas, principalmente no que tange ao Crime Violento Intencional, nós temos não só em Campina Grande, mas na Paraíba em comparativo ao ano passado uma redução de 70% nesse período de junho. Também temos uma redução significativa nos crimes patrimoniais, como roubos e furtos – frisou.
Damasceno elogiou o sistema de reconhecimento facial e disse que o mecanismo está auxiliando muito o trabalho de segurança da polícia, frisando que foi possível identificar quatro pessoas com mandados de prisão em aberto durante a festa até então. Ele comentou ainda que os batalhões estão trabalhando integrados e respeitando as suas responsabilidades.

– Só tenho a elogiar. Este ano nós contamos com 263 câmeras na parte interna e externa do Parque do Povo. Isso tem nos ajudado bastante para darmos tranquilidade àqueles que saem da festa – disse.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Policiais militares que enfrentaram quadrilhas de ataques a bancos na PB são condecorados

Integrantes do Grupamento Especializado de Operações em Área de Caatinga (GEOsAC) da Polícia Militar, que têm enfrentado e desarticulado várias quadrilhas de ataques a bancos, foram condecorados por toda a…

Homem é morto durante tentativa de assalto, em João Pessoa

Um homem foi morto durante tentativa de assalto, em João Pessoa. O crime aconteceu na noite desta quarta-feira (30) no bairro Jardim Cidade Universitária, na Capital. O homem estava armado…