Por pbagora.com.br

Na manhã desta quinta-feira (25), dois homens foram presos em João Pessoa, pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba. A ação fez parte da operação “Black Monday”.

De acordo com informações do Blog do Suetoni, entre os presos estava o líder de uma organização criminosa voltada para a prática de crimes de “pirâmide financeira”, crimes contra relações de consumo e de lavagem de dinheiro. Na casa dele, no Altiplano Cabo Branco, em João Pessoa, foram encontrados dois carros de alto luxo, relógio de ouro e muito dinheiro.

Ainda conforme o Blog a ação é coordenada pelo Ministério Público de Minas Gerais, através da 8ª Promotoria de Justiça de Pouso Alegre. A ação conta também com ajuda da Polícia Militar de Minas Gerais. Participam também representantes do Ministério da Justiça, da Polícia Civil de Goiás, e dos Ministérios Públicos (Gaecos) dos Estados de Pernambuco, São Paulo, Paraíba, Bahia, Alagoas, Goiás, Maranhão, Rondônia, Santa Catarina, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

Mais informações podem ser conferidas no link:

Gaeco faz operação na PB contra lavagem de dinheiro com criptomoedas

Veja fotos dos bens apreendidos durante a operação Black Mondey:

PB Agora

Notícias relacionadas

Polícia apreende armas na zona rural da cidade de Água Branca

A Polícia Militar apreendeu três armas de fogo, nessa quinta-feira (15), durante o reforço das rondas na zona rural da cidade de Água Branca, no Sertão. Um homem de 53…

Homem é preso pela PRF na PB com duas armas de fogo, carregadores e munição

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba prendeu, nessa quinta-feira (15), no litoral sul paraibano, um homem com duas armas de fogo, dois carregadores e munições. Os policiais realizavam fiscalizações…