Por pbagora.com.br

Analisando a importância do Movimento Maio Amarelo, na Paraíba, o chefe de Operações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Eduardo Guimarães, destacou a atuação da sua equipe na fiscalização e educação para o trânsito no Estado e os efeitos desse trabalho na redução de acidentes.

 

Eduardo lembrou que a BR-230, que passa pela Região Metropolitana de João Pessoa é onde concentra um grande número de acidentes graves no Estado. Além dele, a rodovia no município de Sousa (Sertão), que já esteve entre os 100 locais mais perigosos do país. “Há alguns anos fizemos um trabalho e mudamos esses números”, disse.

 

Com o tema “No trânsito, o sentido é a vida”, proposto pelo Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV) e aprovado pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a sexta edição do movimento mundial em 2019, assim como nos anos anteriores, tem o objetivo de envolver a sociedade em ações de conscientização sobre a segurança no trânsito. “Todo ano trabalhamos com essa questão, mas o 'Maio Amarelo' é aquele momento que chamamos a atenção para a sociedade desse grande problema público que acontece no trânsito, principalmente no estado da Paraíba”, ressaltou Guimarães.

 

Redação

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Carmen Lúcia vota para que Coriolano Coutinho mantenha uso da tornozeleira

O voto da ministra Carmen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi o terceiro em favor da manutenção do uso da tornozeleira eletrônica por Coriolano Coutinho, irmão do ex-governador Ricardo…

Polícia prende suspeito de praticar homicídio em Cajazeiras menos de 24 horas após o crime

A Polícia Civil da Paraíba, por meio de ações do Grupo Tático Especial (GTE) da Delegacia Seccional de Cajazeiras, prendeu, na manhã desta sexta-feira (27), um jovem de 20 anos,…