Analisando a importância do Movimento Maio Amarelo, na Paraíba, o chefe de Operações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Eduardo Guimarães, destacou a atuação da sua equipe na fiscalização e educação para o trânsito no Estado e os efeitos desse trabalho na redução de acidentes.

 

Eduardo lembrou que a BR-230, que passa pela Região Metropolitana de João Pessoa é onde concentra um grande número de acidentes graves no Estado. Além dele, a rodovia no município de Sousa (Sertão), que já esteve entre os 100 locais mais perigosos do país. “Há alguns anos fizemos um trabalho e mudamos esses números”, disse.

 

Com o tema “No trânsito, o sentido é a vida”, proposto pelo Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV) e aprovado pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a sexta edição do movimento mundial em 2019, assim como nos anos anteriores, tem o objetivo de envolver a sociedade em ações de conscientização sobre a segurança no trânsito. “Todo ano trabalhamos com essa questão, mas o 'Maio Amarelo' é aquele momento que chamamos a atenção para a sociedade desse grande problema público que acontece no trânsito, principalmente no estado da Paraíba”, ressaltou Guimarães.

 

Redação

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Homem suspeito de agredir enteado de 2 anos é morto a tiros em Rio Tinto

Um homem suspeito de agredir enteado de 2 anos foi morto a tiros em Rio Tinto. O crime aconteceu na manhã deste sábado (24). De acordo com a Polícia Militar,…

Homem morre atropelado por suspeito que fugia com carro roubado em Campina Grande

Um homem morreu atropelado por suspeito que fugia com carro roubado em Campina Grande. Segundo apurou a polícia, o suspeito estava em fuga, quando perdeu o controle e invadiu a…