A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

IPC fará exames que poderão dar indícios sobre autoria da morte de Rafaela Ingrid

O Instituto de Polícia Científica (IPC), fará exames complementares, como a coleta de material genético, que poderão identificar a autoria do assassinado da jovem Rafaela Ingrid, de 18 anos. O corpo da vítima foi encontrado em uma área de vegetação, ontem (2), em estado de decomposição, no bairro Altiplano, em João Pessoa.

As análises do Instituto de Polícia Científica (IPC) acontecem nesta segunda-feira (3) e devem auxiliar as investigações do crime. De acordo com o delegado Giovani Giacomelli, da Polícia Civil, um homem apontado como suspeito do crime foi ouvido e liberado ainda no domingo. “O rapaz foi conduzido pela segunda vez à delegacia.

A primeira foi na sexta. E ontem sabíamos onde ele estava, quando foi conduzido novamente”, afirmou. E sinalizou que “a coleta do material genético no corpo da vítima poderá indicar novos detalhes da morte”. O homem confirmou que esteve com a vítima antes do desaparecimento, mas negou que tenha cometido o crime. Ele foi liberado e deve aguardar a conclusão das análises em liberdade.

Entenda o caso – A família de Rafaela Ingrid Conceição dos Santos, de 18 anos, reconheceu como sendo dela o corpo encontrado na manhã do domingo, nas imediações da Estação Cabo Branco, em João Pessoa. Maria Aparecida, mais conhecida como “Cidinha”, mãe da jovem, contou alguns detalhes das circunstâncias do desaparecimento.

A mulher diz que a jovem foi vista pela última vez por volta na noite da quarta-feira (29). Ela estava nas imediações da casa do pai conversando com um homem, apontado como suspeito. Uma outra mulher, moradora da região, também estava no local onde eles conversavam, mas teria entrado em casa para dar o jantar da filha. Cidinha alega que, nesse momento, em que o suspeito ficou sozinho com Rafaela, aconteceu o desaparecimento.

Da Redação

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe