Por pbagora.com.br

O acusado de latrocínio, roubar e depois matar a vítima, Jefferson Soares foi condenado nesta sexta-feira (20) a 31 anos de prisão em regime fechado.

O crime ocorrido em janeiro teve seu desfecho no dia 9 de abril, quando o autor do crime confessou o crime após investigações que levaram até ele como o assassino da criança Fernanda Ellen de 11 anos.

O acusado disse que estrangulou a estudante, depois que ela se recusou a lhe dar R$ 20 reais para comprar pedras de crack. Ele era vizinho da vítima.

Nesta sexta, o Juri singular se reuniu e decretou a culpabilidade de Jefferson. A juiza Ana Karla Falcão da 3ª Vara Criminal foi quem leu a sentença.

Agora condenado, Jefferson vai ser levado para o Presídio Flósculo da Nóbrega (Róger), onde cumprirá a pena pelos crimes de latrocínio e ocultação de cadáver.

 

Entenda o caso:

 

Em audiência, acusado de matar a estudante Fernanda Ellen nega autoria do crime

Polícia Científica libera corpo de Fernanda Ellen para ser enterrado

 

Redação

 

Notícias relacionadas

PB recebeu novo lote de vacinas contra Covid-19 que começam a ser distribuídas hoje

O lote de vacinas contra Covid-19, que chegou a Paraíba, ontem (22), começa a ser distribuído aos municípios paraibanos a partir das 7h desta sexta-feira (23). A Paraíba recebeu 59.300…

Polícia prende suspeita de tráfico de drogas no Litoral Norte da Paraíba

A Polícia Militar prendeu, nessa quarta-feira (21), uma mulher de 33 anos que atuava no tráfico de drogas da localidade conhecida como Sítio Facão, na cidade de Mamanguape, Litoral Norte…