Por pbagora.com.br

O relatório final e o inquérito completo sobre o desaparecimento e morte de Eliza Samudio chegaram ao Fórum de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na manhã desta sexta-feira (30). A informação foi confirmada por funcionários do fórum. Em nota, na noite de quinta-feira (29), a Polícia Civil informou que o goleiro Bruno de Souza foi indiciado por homicídio, sequestro e cárcere privado, ocultação de cadáver, formação de quadrilha e corrupção de menores.

De acordo com a polícia, devem responder pelos mesmos crimes Luiz Henrique Ferreira Romão (conhecido como Macarrão), Flávio Caetano de Araújo, Wemerson Marques de Souza, Dayane Souza (mulher de Bruno), Elenilson Vitor da Silva, Sérgio Rosa Sales (primo do atleta) e Fernanda Gomes de Castro (amante do goleiro).

A polícia afirma que o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, conhecido como Bola e Paulista, foi indiciado por homicídio qualificado, formação de quadrilha e ocultação de cadáver.

Fernanda Gomes de Castro, amante do goleiro Bruno, é a única dos indiciados que está em liberdade. Segundo o advogado de Fernanda, Frederico Franco, o indiciamento não significa que ela será presa. De acordo com a Polícia Civil, os delegados irão se pronunciar na tarde desta sexta sobre o caso.

Inquérito
De acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o inquérito deve ser recebido por um juiz antes de ser entregue para o Ministério Público (MP).

De acordo com o advogado Adilson Rocha, presidente da Comissão de Assuntos Penitenciários da Ordem dos Advogados do Brasil, a juíza Marixa Fabiane Lopes Rodrigues, que recebeu o inquérito e o relatório final no Fórum de Contagem, tem 48 horas para enviar o material ao MP. Depois disso, o promotor que receber o inquérito terá cinco dias úteis para emitir um parecer.

Presos
Bruno, Macarrão, Bola, Elenilson, Wemerson e Flavio estão presos no Complexo Penitenciário Nelson Hungria, em Contagem (MG). O primo do goleiro, Sérgio Rosa Sales, está no Centro de Remanejamento de Presos São Cristóvão; e a mulher de Bruno, Dayanne Souza, está no Complexo Penitenciário Estevão Pinto, ambos em Belo Horizonte. O adolescente que também é suspeito de envolvimento no caso está internado no Centro de Internação Provisória no Horto, na capital mineira.

Entenda o caso
Nascida em Foz do Iguaçu (PR), Eliza Samudio se mudou para São Paulo e posteriormente para o Rio. Em 2009, teve um relacionamento com o goleiro Bruno, engravidou e afirmou que o pai de seu filho é o atleta. O bebê nasceu no início de 2010 e, agora, está com a mãe da jovem, em Mato Grosso do Sul.

A polícia mineira começou a investigar o sumiço de Eliza em 24 de junho, depois de receber denúncias de que uma mulher foi agredida e morta perto do sítio de Bruno. Até agora, não foram encontrados vestígios do corpo da jovem. Os delegados já consideram Eliza morta.
 

 

G1

Notícias relacionadas

Dupla é presa com mais de 7 kg de drogas em Campina Grande

Dois suspeitos, de 30 e 31 anos, foram presos em flagrante, nesse sábado (17), com mais de 7 kg de drogas e um caderno que teria toda a contabilidade da…

Polícia Militar aborda veículo e encontra cocaína e crack com o motorista

Na tarde deste sábado (17), a Polícia Militar abordou um veículo no bairro do Cristo, em João Pessoa, e encontrou vários tipos de drogas. A viatura efetuava rondas de rotina…