O Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba vai reforçar o efetivo para o próximo fim de semana quando é registrado mais um feriadão em 2018. Serão utilizados mais 35 militares, além do pessoal do serviço diário.

 

Segundo o tenente-coronel Keoman Nascimento, comandante do Batalhão de Busca e Salvamento, os 14 postos de observação (PO) receberão um maior número de militares. Keoman Nascimento disse que durante o feriadão as equipes do Corpo de Bombeiros irão utilizar para o salvamento aquático os flutuadores, pranchões de salvamento, nadadeiras, botes infláveis e motos aquáticas (jet skis), além de binóculos de longo alcance.

 

Em Cabedelo, que faz parte da Região Metropolitana de João Pessoa, os postos de salva-vidas também serão reforçados. A área merece maior atenção devido ao grande número de marinas com a presença de motos aquáticas (jet ski) e outros tipos de embarcações e a preocupação é o uso de bebida alcoólica por parte dos condutores. A Companhia Independente dos Bombeiros de Cabedelo é responsável pela segurança dos banhistas da Praia do Bessa até Lucena. O major Chalton Ribeiro, comandante da companhia, disse que a fiscalização será intensificada na orla marítima da região norte do Estado.

 

Todos os postos de salva- vidas instalados na orla marítima de João Pessoa, que compreende da praia de Cabo Branco ao Bessa, receberão reforços, tanto de pessoal como também de equipamentos. “O nosso objetivo é garantir a segurança dos banhistas”, revela o comandante do BBS.

 

Redação

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Idosa é presa suspeita de ameaçar vizinhos com espingarda

Uma mulher de 62 anos foi presa na cidade de Catolé do Rocha após ameaçar vizinhos com uma espingarda. Segundo informações da Polícia Civil a idosa foi denunciada por vizinhos,…

Drogas são apreendidas e suspeito de tráfico preso, na Zona Sul de João Pessoa

A Polícia Militar apreendeu maconha, crack, balança de precisão, dinheiro e embalagens para a comercialização de drogas durante um cerco policial montado em uma casa onde funcionaria uma ‘boca de…