A Paraíba o tempo todo  |

Em audiência de instrução do caso Mariana Thomaz, acusado é ouvido e nega abuso

Nesta sexta-feira (20), o Forúm Criminal de João Pessoa retoma a audiência de instrução do caso Mariana Thomaz. A audiência teve início na última sexta-feira (13) quando foram ouvidos depoimentos de testemunhas de acusação e defesa.

Já nesta sexta-feira, o empresário Johannes Dudeck, acusado de matar a estudante de Medicina, foi ouvido pela Justiça da Paraíba.

Ele foi denunciado por estupro e feminicídio pela morte da estudante que ocorreu no dia 12 de março, na capital paraibana.

Ao ser interrogado ele afirmou que antes da morte da estudante houve a prática do “sexo não convencional” com Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo, porém declarou que o ato aconteceu com o consentimento de Mariana.

Johannes está recolhido na prisão especial, no bairro do Valentina, após ter a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva pela Justiça.

Vale ressaltar que nessa quinta-feira (19) o governo da Paraíba sancionou a lei que leva o nome de Mariana Thomaz e que trata da facilitação do acesso aos antecedentes criminais de terceiros, visando alertar e incentivar condutas de segurança entre as mulheres para que busquem conhecer o histórico de eventuais agressões ou condutas agressivas de seus companheiros, namorados e demais relacionamentos, ainda que transitórios, para que se protejam de qualquer tipo de violência.

PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe