O caso que comoveu muitos paraibanos, ocorrido no último dia 22 de setembro na cidade de Areia no brejo paraibano, quando dois homens suspeitos de atropelar cinco pessoas da mesma família, e matar três deles, teve mais um capítulo quando foram liberados depois de prestarem depoimento  ontem (3), na cidade de Areia.  O delegado informou que não recebeu sinalização por parte do Judiciário  e com isso não houve mandado de prisão.

Conforme o delegado, o motorista declarou no depoimento que não ingeriu bebida alcoólica no dia do acidente, porém o passageiro que seria o proprietário do veículo confirmou ter bebido. O motorista também não foi informou o motivo pelo qual, não ter ingerido bebida com o amigo.

O acidente aconteceu, quando um carro desgovernado atropelou cinco pessoas da mesma família. Uma criança de 10 anos morreu ainda no local. A mãe de 34 anos chegou a ser socorrida porém morreu na unidade de saúde. Já a criança de 6 anos foi internada em estado grave e teve sua morte cerebral confirmada no dia 26 de setembro. O pai e a outra criança de 4 anos foram internadas porém já receberam alta.

 

Redação

Total
2
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Briga em bar em JP, termina com motorista atingido por bala perdida

Mais uma discussão, aparentemente por motivos banais, terminou com um motorista de aplicativo baleado durante atentado a outro homem, no bairro Funcionários, em João Pessoa. O crime aconteceu na noite…

Bandidos são lixados por populares após assaltar turista em João Pessoa

Um assalto a um turista na Avenida Epitácio Pessoa, em João Pessoa, ontem (20), terminou mal para os acusados, quando populares deteram os dois homens e um adolescente e começaram…