Foto: reprodução / Facebook

O delegado Fabiano Emídio, da Polícia Federal, teve seu celular clonado, segundo postagem feita por ele mesmo na internet. Emídio usou seu perfil nas redes sociais para informar que seu email e suas redes sociais clonados recentemente.

De acordo com o delegado da PF, a sua conta no app de mensagens WhatsApp só não foi clonada graças as etapas de segurança.

Nos últimos 60 dias, oito deputados estaduais também relataram o mesmo problema e tiveram seus contas em apps e redes sociais clonadas. Foram vítimas: Wallber Virgolino, Trocolli Junior, Jane Panta, Lindolfo Pires, Ricardo Barbosa e Branco Mendes.

Veja o texto publicado pelo delgado na íntegra:

“Amigos, informo que minhas senhas de redes sociais e e-mail foram clonados. Percebi isso após ser alertado por um amigo da existência de mensagens que trafegaram nas minhas contas pessoais e profissionais nos últimos 60 dias, supostamente atribuídas a mim, mas que fogem completamente aos meus padrões de conduta. Apenas o WhatsApp, em virtude de sua proteção adicional de segurança em duas etapas, permaneceu incólume. Dessa forma, caso tenham sido vítimas de tal atuação, desconsiderem eventuais mensagens suspeitas. Todas as providências para solução dos inconvenientes mencionados estão sendo adotadas”.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia prende homem no Brejo, suspeito de chutar mulher até ela desmaiar

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada na manhã de ontem (16), em Solânea, no Brejo paraibano, para prender um homem suspeito de agredir uma mulher a ponto dela desmaiar.…

Homem tenta defender irmã em briga com marido e é esfaqueado

Um homem foi esfaqueado ao tentar defender a irmã de supostas agressões do marido. A discussão ocorreu neste sábado (16) no bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa, e…