Por pbagora.com.br

 O ajudante José Valter dos Santos, de 48 anos, foi preso em flagrante depois de matar o filho de dois anos, na noite de quarta-feira (21), no bairro Lajeado, zona leste de São Paulo. O crime foi cometido após ele brigar com a esposa na casa de uma amiga.

Segundo a polícia, a mãe do bebê, uma vendedora de 31 anos, estava com o marido na casa de uma amiga quando se eles desentenderam. Ele a ameaçou com um soco no rosto e voltou para casa, na mesma rua.

Quando chegou ao local, o ajudante esfaqueou José Murilo Ziakm Santos, seu filho de dois anos, no peito e no braço. Em seguida, ele tentou se matar com uma facada no peito, mas um menino de 12 anos, que havia presenciado o crime, conseguiu correr e pedir ajuda.

Policiais militares foram acionados e, ao chegaram ao local, encontraram a vítima caída ao lado do pai. O bebê foi levado ao PS Central de Guaianases, onde morreu. Santos está internado em um hospital sob escolta policial. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, ele passou por cirurgia e seu estado é estável.

O caso foi registrado no 50º Distrito Policial como homicídio qualificado e lesão corporal, informou a polícia.



R7

Notícias relacionadas

Polícia prende suspeito de atuar no tráfico de cocaína em Santa Rita

A Polícia Militar prendeu um jovem de 21 anos que estaria atuando no tráfico de cocaína, na noite dessa sexta-feira (16), na cidade de Santa Rita. Com ele, foram apreendidas…

Dois corpos de moradores de Pedras de Fogo são encontrados enterrados em Juripiranga

A polícia encontrou dois corpos enterrados em uma cova rasa no município de Juripiranga, na Paraíba, nesta sexta-feira (16). As vítima residiam no município de Pedras de Fogo. De acordo…