A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Após acidente com carreta desgovernada, PRF alerta sobre riscos de veículos sem manutenção

Na manhã da última quinta-feira (26) aconteceu um acidente de grandes proporções envolvendo cerca de 19 veículos na região metropolitana de João Pessoa. O acidente, classificado como engavetamento, tem como uma das possíveis causas investigadas o defeito mecânico: o veículo que teria causado o acidente não conseguiu parar a tempo devido a uma possível pane do sistema de frenagem.

Você sabe como evitar e minimizar os riscos de falhas mecânicas?

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recomenda a revisão e manutenção periódica dos veículos em locais de boa procedência.

Esse acompanhamento do estado das peças dos veículos é essencial para a segurança viária, imprevistos podem acontecer, mas esses são minimizados pela manutenção preventiva. A título exemplificativo, em uma necessidade de frenagem de emergência tanto o sistema de freios quanto os pneus serão demandados e precisarão estar em perfeitas condições para que o veículo consiga parar a tempo de evitar colisão.
Da mesma forma o sistema de iluminação, a falha em algum momento na estrada pode provocar acidentes pois o veículo não será visto pelos demais e pelos pedestres, nem conseguirá indicar manobras como mudança de faixa ou imobilização de emergência.

Além da assistência profissional, o próprio condutor deve ficar atento aos seguintes itens antes de pegar a estrada:

• Nível de óleo do motor, fluidos de freio;
• Nível do líquido de arrefecimento, importante fluido para evitar o superaquecimento do motor;
• Calibragem dos pneus, seguindo orientações do fabricante do veículo;
• Estado de conservação dos pneus. Se o indicador TWI foi atingido já está na hora de trocá-los.
• Funcionamento dos freios, observando, por exemplo, eventuais vibrações ou ruídos incomuns durante o acionamento;
• Acionamento do sistema de iluminação;
• Acionamento dos limpadores de para brisa;
• Atenção na qualidade do combustível utilizado, abasteça em postos de sua confiança;
•Verificar o dispositivo de sinalização luminosa e refletora de emergência (o conhecido “triângulo de sinalização”);

Lembramos que circular com veículos em mau estado de conservação, comprometendo a segurança, bem como circular sem equipamentos obrigatórios ou com equipamentos ineficientes ou inoperantes são infrações de trânsito de natureza grave, com perda de cinco pontos na CNH e multa de R$ 195,23.

Em caso de emergência em rodovias federais entre em contato com a PRF através no nosso número 191.

 

Da Redação com PRF

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe